Fevereiro chegou e só agora me foi possível cumprir a promessa de actualizar o blogue e dar-vos uma das notícias felizes...

 

PaperLoveBaby

Sim... vem aí um bebé, um menino, não de papel, mas de carne e osso; feito com amor, sim, mas sobretudo, feito de verdade.

Eu gosto de aventuras, e se não há nenhuma aventura sem adrelanina, sem entusiasmo e alegria, também não as há sem risco, sem cócegas na barriga (desta vez tão reais), sem cedências... Os três primeiros meses não foram fáceis e, embora eu tenha uma barriguita, pequena como eu, tive de me adaptar à sensação de andar sempre com uma mochila virada para a frente, com uma etiqueta que, apesar de invísivel, exclama "FRÁGIL! TRATAR COM CUIDADO!".

Tive de abrandar o ritmo de trabalho, de fazer novas contas ao tempo que demoro a desenvolver os paper toys. Tive de dizer não a alguns projectos, com a tristeza natural de quem arruma uma boa ideia na gaveta, de quem sabe que já não vai participar no sorriso de outra pessoa. É mesmo assim, faz parte, não vale nada a pena perder tempo com lamúrias, porque outros projectos e outros sorrisos virão (e o meu, constante, já ninguém mo tira).

PaperLoveBaby1

Se este bebé não chegou ainda a casa, chegou, sem dúvida nenhuma, à nossa vida. Seremos três + um (o Sr.Gato também conta, claro!) e, de repente, o espaço (da casa e, sim, da vida) parece demasiado pequeno, desarrumado... É preciso libertarmo-nos do que não faz falta, é preciso arrumar o que tem de ficar, é urgente "dar uma volta a isto!"! Ah! É urgente... TUDO! :D Calma, respira... Vamos lá!

Continuo a a trabalhar, com os meus alunos, uns guardiões fantásticos, e com os PaperLoveToys. Continuo a aceitar projectos, embora em menor número. Porém, não corro, não posso tropeçar. Por isso, perdoem-me alguns mails que demoram a obter resposta, perdoem-me as fotografias dos lindos noivos e de todas as outras pessoas de papel que ainda não vos mostrei, perdoem-me o silêncio que, às vezes, se instala por aqui.

PaperLoveBaby2

O PaperLoveBaby há-de chegar na Primavera, há-de vir com as andorinhas, elas que me representam tão bem. Nessa altura, os paper toys farão uma pausa a sério, mas lá mais para a frente voltarei a escrever sobre isso.

Desde já, obrigada a todos pela compreensão, pelo carinho que tenho recebido de quem esperou mais um pouco pelos seus PaperLoveToys, pela paciência.

Sejam muito felizes em Fevereiro, e sempre ;)

1 Comment