A inspiração não nos aparece quando queremos, não está disponível sempre que precisamos dela. Porém, há um exercício que podemos fazer e é garantido que vai ajudar: pensar em quem gostamos. Sim, pensar nas nossas pessoas é uma óptima forma de desbloquear e de acordar em nós a criatividade.

A primeira vez que fiz um paper toy de raíz, apercebi-me, depois de terminado, de que tinha desenhado uma das minhas melhores amigas (e, neste momento, está ela a dizer "pois, mas eu ainda não tenho um exemplar desse paper toy!" - tem razão.). Para essa amiga, desenhei também um primeiro gato paper toy, a quem dei o nome de Mimo (porque era assim que se chamava o gato da outra metade dos PaperLoveToys, quando nos conhecemos). Por causa da Raquel, criei uma coruja, cor de menta. Para a apresentação dos PaperLoveToys, desenhei a minha irmã e o meu cunhado. Podem ver, portanto, que os meus amigos e família têm sido uma grande influência.

A Paula é outra das minhas melhores amigas, daquelas que me chegaram na idade adulta, em que somos já tão selectivos e não deixamos, por isso, qualquer pessoa entrar. A Paula fez-me rir desde cedo e essa foi a sua chave. Com o tempo, muitas outras qualidades fizeram com que eu a admire cada vez mais e a tenha mais em mim.

Por opção ou por circunstâncias da vida, a Paula já mudou de casa algumas vezes e quando ela veio viver para ao pé de nós, no postal de recepção escrevi A tua casa é onde tu queres estar. Nesse momento, nasceu a ideia que hoje aqui vêem concretizada. Já lá vai algum tempo, mas valeu a pena esperar, porque foi desenvolvida com vagar, com cuidado e com muito carinho. Esta primeira casa é cor-de-rosa, pois essa é uma das suas cores de eleição, e recebeu a mesma mensagem que escrevi naquele postal. Esta primeira casa foi criada em função da Paula, especialmente para ela.

Já pensei noutras frases, entretanto, e já desenhei o padrão noutras cores. A ideia, agora, é ter um paper toy que pode ser adquirido já montado ou por montar, com uma das frases escritas por mim ou com as palavras que vocês quiserem, em que a personalização é feita por mim ou por vocês. Há, no entanto, sempre um espaço onde vocês escrevem a mensagem que desejarem. Mas explicarei tudo isso muito melhor, no site, com fotografias bem tiradas. Hoje, este post é para a Paula, porque foi por causa dela que esta novidade surgiu.

Obrigada, minha amiga, por esta inspiração! Obrigada a todas as outras pessoas que me inspiram! As ideias também são como as cerejas e eu adoro cerejas... ;)






Comment