Comment

Novo regresso

MataPequena.jpg

As férias terminaram em beleza, rodeados de amigos humanos e amigos de pêlo e penas. Foi o último reforço de energia de que precisávamos para regressar em grande.

Desta vez, o regresso traz uma novidade: o PaperLoveBoy está mais crescido e iniciou a sua vida na creche. Há toda uma nova rotina para aprender (para ele e para nós), mas há também mais tempo para me organizar e trabalhar. Todas as mães são mães a tempo inteiro, mas confesso que eu já tinha saudades de alguma rotina de trabalho.

Já estou com um paper toy em mãos e outros agendados, mas espero ansiosamente pelas vossas ideias e pelos vossos desejos!

Bom regresso ao trabalho para todos (e para aqueles que vão de férias nesta altura, divirtam-se muito!).

 

Comment

Comment

3 anos de PaperLoveToys

tresanos

Foi há três anos que vos apresentei este projecto, num post carregadinho de boa energia, de esperança e carinho por quem me ajudou a fazê-lo nascer.

Tudo o que escrevi nesse primeiro post continua a fazer sentido e cada vez mais!

Ainda há muita coisa para fazer, muita, muita coisa para melhorar, na minha organização ou gestão do tempo e das tarefas, como actualizar o site com mais frequência, por exemplo. No entanto, o caminho faz-se caminhando e analisando cada passo. Crescer também é isso mesmo.

Há, acima de tudo, muitos paper toys para criar, ideias para pôr em prática e sorrisos para oferecer! Cá estarei para transformar os vossos desejos em lindos brinquedos de papel.

Para celebrar este aniversário (este ano há tempo para festejar!!!), está a decorrer, na página de Facebook da PaperLoveToys, um giveaway, em que poderão, fazendo apenas um comentário no post correspondente, receber um paperlovetoy personalizado (rosto e roupa), sem acessórios!

MUITO, MUITO OBRIGADA por estarem desse lado, por partilharem tudo isto comigo!

Venham mais anos, venham mais PAPERLOVETOYS!

 

 

Comment

Comment

Os Principezinhos

Principes1

Tenho tido a sorte de criar paper toys lindíssimos para pessoas com ideias maravilhosas. Guardo cada um dos meus (nossos) paperlovetoys no coração. Mas... Mas, há projectos que nos tocam de uma forma especial, há pedidos que me fazem querer dizer OBRIGADA vezes sem conta. O projecto que vos mostro hoje é um desses casos especiais.

A S. e o P. casaram no ano passado e escolheram como tema para o seu casamento a história do Principezinho, essa personagem mágica que apaixona crianças e adultos, essa personagem que me moldou de forma tão profunda. Assim que li o primeiro mail enviado pela S., disse que sim, na minha cabeça e, juro, a imagem surgiu-me logo ali. O projecto ficou definido em segundos, como se eu já tivesse imaginado este topo de bolo num sonho qualquer, sem me ter apercebido disso. Expus a minha ideia e os dois adoraram, mais do que isso, deram-me carta branca! Conseguem imaginar o meu êxtase?

Com o meu exemplar de O Principezinho aberto em cima da mesa, desenhei o asteróide, com o fumo a sair de um dos vulcões e tudo; usei elementos da roupa da personagem na roupa que escolhi para os noivos (carta branca, lembram-se? Não há vestido de noiva nem fato neste topo de bolo); não desenhei um bouquet, desenhei a campânula com a rosa lá dentro... Tudo a encaixar tão, mas tão bem! As estrelas suspensas em arame foram o toque final.

Acabei por fazer até um bolo de papel para poder tirar as fotografias como deve ser!

Paperlovetoys Principezinho-00029.jpg

Nem sempre faço testes dos paper toys, mas em projectos mais complexos é necessário, para ver se a planificação está de facto bem feita e tudo resulta depois de montado. O teste destes paperlovetoys, numa versão mais pequena que o trabalho final (cerca de 20 cm de altura), está em cima do móvel da sala, porque pura e simplesmente não consigo despedir-me dele. Muito, muito obrigada, S. e P. por me terem permitido criar algo assim!

As fotografias são da minha irmã (muito, muito obrigada!).

Espero que gostem e que fiquem inspirados para imaginarem os vossos paperlovetoys! Cá vos espero...

Paperlovetoys Principezinho-00037.jpg

 

 

 

Comment

Comment

Ilustrar o amor num retrato

81617102-2661-47F8-B1CF-9E17545052DB.jpg

Os apaixonados que vêem neste retrato ilustrado são muito especiais para mim, mas são também muito especiais para os PaperLoveToys.

A Filipa, minha irmã, e o Rodrigo, cunhadinho do coração, estiveram envolvidos neste projecto desde o início, desde que a ideia começou a nascer dentro da minha cabeça. Para além do P., foram deles as primeiras palavras de incentivo, e continuo a recorrer aos seus comentários e às suas opiniões quando tenho ideias novas para este projecto.

Também são deles os dois, enquanto dupla The Framers, as primeiras fotografias dos meus paper toys e, volta e meia, vêm dar-me uma ajuda quando preciso de fotografar uns noivos ou outros modelos de papel (aliás, as duas fotografias que acompanham este texto foram-me enviadas pela minha irmã...).

Quando pensei em começar a fazer retratos ilustrados, esta foi uma das primeiras encomendas que recebi... Não podia ter ficado mais feliz!

Nesta ilustração, optei por retratá-los como os vejo, felizes, em passeio, juntos e, claro, acompanhados pela sua amiga de quatro patas, a Olly!

Foi o último retrato ilustrado de 2016, espero fazer muitos mais em 2017! Venham de lá esses pedidos!

TheFramersRetratoEmoldurado

 

 

Comment

Comment

A Marta

A ideia de criar retratos ilustrados nasceu com a Marta. A Marta é uma miúda fixe e linda de morrer. É uma miúda real, mas eu costumo dizer, com todo o respeito pelos pais dela, que se a Marta não tivesse nascido, teria sido, literalmente, inventada por mim. Porque eu iria, sem dúvida, desenhar a Marta algum dia.

O pai da Marta, que é assim um "pai-urso-barbudo-tatuado-motard" (e, que, como devem calcular com esta descrição, eu também já desenhei, porque era impossível isso não acontecer e porque lhe quis agradecer uma gentileza que teve comigo), também é um fixe e tirou estas belíssimas fotografias ao retrato ilustrado da pequena.

Este retrato foi desenhado em tamanho A4, assim como o primeiro que vos mostrei, mas também podem optar pelo tamanho A3 (estou a trabalhar num desse tamanho neste momento).

Se para ilustrar a Marta me inspirei na frase "se não tivesses nascido, tinhas de ser inventada" (por mim, acrescente-se), para desenhar a Sofia, a outra menina, a frase encontei-a no Instagram da mãe, "a minha filha usa coroa e brinca com monstros".

É assim que nascem os retratos ilustrados, a partir das fotografias, mas também de frases que caracterizem os retratados.

P.S.: Se gostam de Fotografia, sigam o Instagram do "pai-urso-barbudo-tatuado-motard", porque vale bem a pena ;) - https://www.instagram.com/ncoliveira82/?hl=en

P.S.2: Atenção, quando digo "urso", digo-o com todo o carinho, no sentido de que é um pai presente e protector.

 

 

Comment

Partilha